Fonte: Divulgação/Netflix

Você pode chamar isso de loucura, mas em três dias que o filme Para Todos os Garotos Que Já Amei foi lançado na Netflix, eu já o assisti três vezes. O longa é uma adaptação do primeiro livro de uma trilogia escrita pela autora norte-americana Jenny Han e está fazendo o maior sucesso tanto no Brasil quanto mundo afora. Um clichê nunca perde a graça, ainda mais um romance colegial que todos nós adoramos e queríamos ter vivido.

Para Todos os Garotos Que Já Amei conta a história de Lara Jean Covey (Lana Condor), uma adolescente de 16 anos que mora com seu pai e suas duas irmãs, Margot (Janel Parrish) e Kitty (Anna Cathcart). A protagonista guarda em seu armário uma caixa com cartas que escreveu para os garotos os quais ela se apaixonou. No total, somam cinco cartas que expressam seus mais profundos e secretos sentimentos, mas nunca tiveram a intenção de serem enviadas. Nelas, conhecemos duas pessoas em especial que fazem parte ativamente da história: Josh Sanderson (Israel Broussard), seu ex-cunhado – ex-namorado de Margot – e Peter Kavinsky (Noah Centineo), o atleta popular do colégio.

Fonte: Divulgação/Netflix

As irmãs Song são sempre muito unidas e amigas, talvez por conta do falecimento da mãe. Margot, a mais velha das três, está prestes a se mudar para a Irlanda para cursar faculdade. Kitty, por sua vez, não se conforma de Lara Jean não ter uma vida social ativa. Tentando então ter cinco chances de arranjar um namorado para a irmã, ela envia aos destinatários as cartas.

A irmã caçula não sabia da confusão que isso poderia causar. Para que uma das paixões mais secretas de Lara Jean não se tornasse pública, ela se envolve em um namoro fake com Peter – que o ator, devo ressaltar, tem um dos sorrisos mais bonitos que já vi -, que fecha um “contrato” com Covey a fim de fazer ciúmes em sua ex. Para não dar spoilers, só direi que a vida amorosa de Lara Jean de repente sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais simplesmente apagar com uma borracha.

Fonte: Divulgação/Netflix

É de aquecer o coração e ter fé nos relacionamentos atuais! Torcemos por Lara Jean, queremos ser amigas e até mesmo estar no corpo da personagem por vários momentos. Li bastante sobre como o longa é representativo para os orientais, pois dificilmente vemos filmes e best-sellers que trazem protagonistas asiáticos e ainda mais com uma personalidade tão intensa e forte.

Se você, como eu, leu fanfics durante a adolescência ou sempre adorou um romance colegial clichê típico, vai se apaixonar pelo enredo e personagens. Faço questão de indicar para todos assistirem e lerem os livros (estou esperando os meus chegarem pra dar início), quem sabe com tanta repercussão não sai uma continuação?

Você já assistiu o filme? Me conta aqui nos comentários o que você achou!

por Gabriella
  • 21 de agosto de 2018

    Esse filme é muito amor! E te entendo super, eu também já assisti 3 vezes. É demais pedir por um Peter na minha vida?
    Também escrevi um post sobre, só que mais focado nos looks. Se quiser ler: quaseprimavera.com – acho que vai gostar.

    Beijo,
    Bianca

  • 21 de agosto de 2018

    Mulheeeeer, já ouvi falar desse filme e vi ele na Netflix , tô esperando ficar sozinha em casa para já assistir ele kkkkkk

  • Gio
    22 de agosto de 2018

    Ok, estou 3038502% apaixonada nesse filme. Primeiro, os protagonistas e as personagens são perfeitos! Segundo que o enredo é maravilhoso e o clichê básico (e necessário) está ali!!!

  • 22 de agosto de 2018

    O livro “Para todos os garotos que já amei” ficou na minha wishlist por meses, mas acabei não conseguindo comprar antes do lançamento do filme. Após ver tanta gente falando bem acho que não vou conseguir esperar, vou ver logo o filme! Parece mesmo ser muito lindo, então acho que vou assistir no próximo fim de semana <3 Adorei o post!

  • Ane Carol
    22 de agosto de 2018

    Quando assisti o filme confesso que fiquei um pouco decepcionada, mas depois que li algumas resenhas falando que ele pegaram algumas partes do segundo livro, resolvi começar o segundo e entendi melhor o filme. Fiquei um pouco triste por algumas cenas que são incríveis no livro terem sidos cortadas. Mas de um modo geral fizeram uma boa adaptação e o elenco ficou ótimo. É um daqueles filmes que fazer a gente acreditar no amor e que no fim tudo dá certo.

  • 22 de agosto de 2018

    Eu já ouvi falarem muito bem, tanto dos livros, quanto do filme, mas ainda não conferi nem um, nem outro, acredita? rsrsrs
    Qualquer dia vou aproveitar para ver o filme. Vlw pela dica! =)
    Bjks!

    http://mundinhodahanna.blogspot.com

  • 22 de agosto de 2018

    Como sou apaixonada por filmes de romances adolescentes, assisti assim que lançou. E adorei! Agora quero mesmo é ler a trilogia. E, ah, eles formam um casal incrível né?!

  • 22 de agosto de 2018

    Eu ainda não li o livro nem vi o filme, prefiro algo com um pouco de ação junto =P.
    Seu blog é lindo *-* parabéns ^-^

  • Erica Oliveira
    23 de agosto de 2018

    Ainda não assisti o filme, mas só essa semana já é a terceira pessoa que vejo falando dele, por estou mega curiosa para assistir.
    Eu vi algumas propagandas logo que foi lançado, mas ficou na minha cabeça uma imagem de muito adolescente rsrs mas como tem muita gente falando dele eu vou assistir esse final de semana 🙂

  • 24 de agosto de 2018

    Estou me segurando para não ver esse filmes antes de ler os livros. Confesso que a história não me chama tanta a atenção, mas vou acabar comprando os livros e lendo haha. Vi o trailer achei todo o cenário do filme muito lindos *-*

  • keh
    26 de agosto de 2018

    Esse filme foi um dos melhores que já assisti de fofurices! <3 Vale super a pena mesmo 🙂

  • 26 de agosto de 2018

    Eu ainda não assisti, mas estou pensando em ver hoje 😉 Li o livro há uns anos e gostei bastante! Eu não sabia que era representativo para os orientais, fico feliz em saber disso!

Top